novas


. Intervalo-Escola: finalista do Prêmio Select de Arte e Educação. Veja aqui a publicação sobre a Intervalo-Escola: intervalo em curso, relativa aos processos vividos pelo grupo de trabalho ao longo das imersões no estado de São Paulo e do Amazonas.


. A Tropicalização do Norte: artista selecionado para participar desse seminário no Parque Lage, RJ, que premiará dois projetos com bolsa viagem à Documenta 14


. Explode! Residency e Ataque no Cidade Queer: lançamento da publicação impressa e do minidocumentário que compreende a curadoria dessa residência internacional e de uma batalha de dança, idealizada e realizada por Cláudio Bueno e João Simões, em colaboração com Lanchonete.org, Musagetes e grupo colaboradores

. Explode na mostra Motumbá: memórias e existências negras. Cláudio Bueno e João Simões realizaram, no Sesc Belenzinho, a curadoria do recorte LGBTQ+ da mostra, entre os meses de dezembro de 2016 e março de 2017.


. Explode! Umzabalazo: no mês de abril a plataforma Explode, junto ao Sesc-SP, trouxe ao Brasil a performer UMLILO & a dupla Stash Crew, da África do Sul, que apresentaram o projeto Rainbow Riots Tour, no Sesc Belenzinho (28/04) e Itaquera (29/04), além de liderarem um workshop no Sesc Santana entre 1 e 5 de maio.

Casa Aberta, 2009-2010 (#1,#2,#3)
Performance, Netart, Instalação
TV, Internet, aparelho celular

Exibições
Luciana Brito Galeria, Galeria Expandida,
Curadoria: Christine Mello, 2010

Red Bull House of Art,
Curadoria: Lucas Bambozzi e Maria Monteiro, 2010
Escola São Paulo, Demasiada Presença,
Curadoria: Christine Mello, 2009

Sobre
Nas diversas apresentações deste projeto, o artista transmitiu a sala de sua casa e seu ateliê de trabalho pelo tempo aproximado de um mês, convidando os visitantes das exposições a ligarem, desligarem ou trocarem os canais de sua televisão por meio de uma chamada de celular. Em ambas as situações, em casa ou no ateliê, ao contrário de um big brother que valoriza grandes momentos por meio da edição, ficava evidente o aspecto ordinário e desinteressante da vida cotidiana, bem como certo sentimento de solidão, mesmo diante de tantas conexões existentes nos dias atuais. O trabalho é incitado após uma pesquisa por varios sites de transmissão de webcams online, nos quais se nota a banalidade dos temas transmitidos.

Citações

"Durante as últimas décadas, as experiências artísticas com os meios tecnológicos ampliam a noção de presença ao incorporarem as redes de trocas de transmissão online e os dispositivos de comunicação móvel. Elas referem-se, com isso, a uma nova dimensão do sujeito no espaço. Traz-nos a dimensão de um espaço conectado a temporalidades simultâneas, cuja natureza presencial é transitória, híbrida, entre a presença física e a virtual, entre o lugar fixo e o móvel. Acentuam processos de interação entre diferentes espaços. As experiências da arte nesse contexto promovem ações em espaços fluídos e intensificam o desejo de presença, de tomar contato. Seus sentidos associam a vontade de estar conectado à coexistência da esfera pública-privada. Nesta exposição, a presença é processada de forma entrópica. Por meio de jogos e circuitos midiáticos, ela produz desarticulações e estranhamento no modo como normalmente acessamos esses espaços cotidianos e imaginários.
...

Em Casa Aberta, Claudio Bueno questiona como os lugares se modificam a partir das transmissões online, tornando-os, muitas vezes, vazios e demasiadamente acessíveis. Numa espécie de consentimento perverso, promove interação do público com a sala da sua casa, permitindo que o outro, a partir de uma ligação de celular, acione a troca de canais de sua televisão e invada a sua privacidade. Por meio da intermitência entre o espaço pessoal e coletivo, realoca a presença do outro em seu espaço de intimidade."

Christine Mello em texto curatorial da exposição
Demasiada Presença, na Escola São Paulo (2009)

_

Cláudio Bueno, Que Lugar é esste?, Dissertação de mestrado, 2011. Download PDF.

Luciana Brito Galeria, Catálogo da exposição Galeria Expandida, Curadoria de Christine Mello, Assistência de curadoria de Ananda Carvalho e Paula Garcia. Download PDF + Site da exposição

Cláudio Bueno, Efeitos Poltergeist na artemídia online, 2010 (texto apresentado no simpósio ABECIBER, 2010)

Thiago Carrapatoso, A arte do cibridismo: as tecnologias e o fazer artístico no mundo contemporâneo, 2010 / Pesquisa apoiada pela FUNARTE. Download PDF ou, clique aqui e assista aqui o vídeo com a entrevista realizada nesta ocasião

 
http://www.buenozdiaz.net/files/gimgs/th-15_casaaberta.jpg

A partir do espaço expositivo a instalação permitia a interação com o espaço da residência, trocando os canais de televisão a partir de uma chamada de celular. Foto: Isabella Matheus

 
http://www.buenozdiaz.net/files/gimgs/th-15_geral_escolasp.jpg

Casa Aberta #1 - Vista da exposição Demasiada Presença, Escola São Paulo. Foto: Isabella Matheus

 
http://www.buenozdiaz.net/files/gimgs/th-15_agaleria_expandida_78.jpg

Interação com o trabalho

 
http://www.buenozdiaz.net/files/gimgs/th-15_agaleria_expandida_61.jpg

Casa Aberta #3 - Vista da exposição Galeria Expandida, Luciana Brito Galeria.

 
http://www.buenozdiaz.net/files/gimgs/th-15_trabalho_galeria2.jpg
 
 
http://www.buenozdiaz.net/files/gimgs/th-15_trabalho_galeria.jpg

Casa Aberta #2, Transmissão do estúdio para dentro da galeria. Exposição Red Bull House of Art

 
http://www.buenozdiaz.net/files/gimgs/th-15_webcam.jpg

Câmera utilizada para as transmissões

 
http://www.buenozdiaz.net/files/gimgs/th-15_tvaberta.jpg

Televisão utilizada para o trabalho. Esta TV foi modificada para receber as chamadas de celular.

 
http://www.buenozdiaz.net/files/gimgs/th-15_processo.jpg

Aparelho celular acoplado à televisão para receber as ligações e ativar os comandos de troca de canais, ligar e desligar.